comercial

comercial

sábado, 21 de outubro de 2017

Flávio Dino destinou mais de R$ 6 milhões ao Hospital do Câncer Aldenora Bello.

O deputado Eduardo Braide se manifestou esta semana sobre a não aprovação de uma emenda de sua autoria para o Hospital do Câncer Aldenora Bello. Ele acusou o Governo do Estado de deliberar sobre o assunto sob viés político.

A título de informação, o Executivo Estadual, através da Secretaria de Estado da Saúde, já destinou mais de R$ 6 milhões à Fundação Antônio Jorge Dino (FAD), mantenedora do hospital, desde que assumiu em 2015.

Os repasses aconteceram através de três convênios. Um desses convênios, inclusive, permitiu a aquisição de um acelerador linear, equipamento que reforçaria os serviços de radioterapia do hospital.

Os convênios aconteceram no período de 21 de dezembro de 2015 até 30 de abril de 2017, portanto, todos já na gestão de Flávio Dino. O primeiro deles, no valor de R$ 600 mil, tinha como objeto a aquisição de equipamentos hospitalares. O valor foi pago ainda em 2015.

Já o segundo repasse era para apoio financeiro para aquisição de equipamentos médicos para UTI pediátrica. O recurso de R$ 650 mil chegou à Fundação Antônio Jorge Dino em 2016.

Por último, o Governo do Estado autorizou o repasse no valor de R$ 5 milhões, que permitiu a aquisição de acelerador linear – equipamento utilizado dentro do serviço de radioterapia do Hospital do Câncer Aldenora Bello.
No total, os repasses foram de R$ 6.250.000,00.