comercial

comercial

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

BOMBA: Prints comprovam envolvimento político em ataques a gestão de Mata Roma e ex prefeita Carmem Neto.


Quem vem acompanhando as redes sociais tem visto
o que vem acontecendo a tempos , baixarias e ofensas se tornaram constantes contra o município de Mata Roma e a ex prefeita da cidade.
Corre na justiça um processo contra Nardonio Teixeira,
que na época da denúncia teria relatado a pessoa do
senhor Josenildo Garreto quem seriam as mandantes
dos ataques pra quem ele trabalhava, na época essa
notícia foi matéria veinulada em vários blogs de
noticias
Após a descoberta da quadrilha esses ataques deram uma pausa de uns seis meses ,nesse período Nardonio relatou a um ouvinte do nosso blog ( que por motivos de segurança vamos manter o sigilo da mesma) quem estaria por trás de alguns fakes (perfis falsos de
Facebook) , que segundo ele seriam Nathy Diniz que comandava as seguintes contas falsas: Sophia Monteles, Carla Mata Roma e Nadir Monteles Cruz( escola em que é diretora na cidade de Anapurus).
Simone Simões e Chaguinha ( ex vereadora) seriam as
que faziam as publicações no fake Mata Roma-Ma. Segundo informações a denúncia contra o face Mata Roma-Ma já foi feita para que sejam tomadas as devidas providências.
Esses fakes são responsáveis por várias postagens ofensivas ao governo da cidade e a vida pessoal e familiar da ex prefeita.
A prefeita Vanderly Monteles segundo ele Nardonio era quem custeava os serviços que ele prestava.
As postagens do face Nardonio Teixeira voltou a atacar o município de Mata Roma de maneira desrespeitosa e também a vida pessoal da ex prefeita Carmem Neto, onde foram veiculadas fotos pessoais
de sua família sem autorização da mesma.

Diante de prints enviados a nossa redação o que nos dá a entender é que Nardonio voltou a ser pago pela mesma quadrilha dos primeiros ataques ( veja abaixo os prints das conversas por Whatsapp entre Nardonio e Vanderly Monteles onde mostra que a senhora Nathy Diniz era responsável pela transferência dos
pagamentos.

Não resta mais dúvida de que tudo isso é por pura perseguição política de pessoas da oposição que por motivos até que pessoais resolveram de forma imoral
tentar denegrir a imagem do governo da cidade e consequentemente atingir a ex prefeita e seu esposo Deputado Paulo Neto.
É uma vergonha saber que por trás de um esquema sujo desses estejam como autoras quatros professoras que se envolveram com quem tem passagem pela polícia. 
.