sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Já preso: “Matei ele com uma faca e depois o enforquei com cadarço de tênis", confessou assassino do professor de dança Klesmildo Silva.

À esquerda: Fábio Alves, assassino confesso a direita Prof. Klesmildo Silvavitima. 
Em operação conjunta das Polícias civil e Militar de Chapadinha foi preso no início da madrugada de hoje(13), Fábio Alves da Silva.

Fábio Kôrtez, como assim é conhecido no município, é acusado de assassinar o professor de danças, Klesmildo Silva, encontrado morto na noite de ontem (12) em seu apartamento no centro de Chapadinha. Fábio foi preso em sua residência e não esboçou reação.

Depoimento
No seu depoimento na delegacia regional de Chapadinha, o acusado contou como assassinou o professor: "Matei ele com uma faca e depois o enforquei com cadarço de tênis", ainda de acordo com Fábio, o que lhe motivou a ceifar a vida do professor, teria sido alguns comentários da vítima que falava de um relacionamento amoroso entre ambos.

Ocorrência da PM 
HISTÓRICO: Que o CMT do Batalhão, Ten Cel Glauber receberá uma ligação de que o Klesmiton teria desaparecido desde as primeiras horas do dia e que possivelmente estaria em seu apartamento; que de imediato determinou a equipe de serviço para averiguação; que de acordo com horário, local e data supra citados a guarnição da FT foi até a residência da vítima. Que no local encontrava-se uma irmã da vítima, a proprietária do apartamento e um chaveiro para abrir a porta do apartamento. Que ao abrir a porta foi encontrado o corpo da vítima debruçado em seu quarto já sem vida.

Que segundo informações do médico perito Dr. Josué a causa à morte foi causado por um objeto perfuro-cortante. O corpo também tinha marcas de estrangulamento.



Fonte: (Pirapemas/com edição deste)

Nenhum comentário:

Postar um comentário