sexta-feira, 27 de junho de 2014

Detonou! Eduardo Sá Denuncia Esquemas de Familiares da Vereadora Lívia Saraiva

Postado por: Alexandre Cunha
Via Blog do Alexandre Pinheiro

Conforme adiantou, o discurso do vereador Eduardo Sá / PRTB casou polêmica em sua volta ao parlamento na tarde de ontem. Sá falou sobre a tentativa do governo Belezinha de lhe afastar da Câmara Municipal. “Gostaria de aproveitar minha volta para repor a verdade sobre muito do que foi falado neste parlamento, em blogs e redes sociais a respeito do meu afastamento e do fato de estar ocupando cargo junto ao governo do estado. Quero deixar bem claro a todos que durante o tempo que estive afastado fiz questão de não receber proventos de vereador e desde fevereiro não recebo um centavo da câmara municipal” disse o vereador.

Sá considerou o pedido de cassação de seu mandato perseguição de Belezinha e vingança da vereadora Lívia Saraiva / PTB e Família. “Em que pese detalhes meramente jurídicos, a tentativa de cassar o mandato concedido pelo povo a este vereador, é um ato político de perseguição da prefeita Belezinha e um gesto de perseguição pessoal contra mim pelos amigos e familiares da vereadora Lívia Saraiva. A prefeita Belezinha teve em mim um fiscalizador atuante e um parlamentar que não se submete a seu mando e seus caprichos. A família da vereadora Lívia que já denunciei aqui seus irmãos como participantes de esquema de corrupção, usa o pau mandado, para buscar a extinção do meu mandato por pura mágoa”, afirmou Eduardo Sá.

Eduardo Sá lembrou denúncias envolvendo familiares da vereadora Lívia: “todos sabem que denunciei o escândalo da Queops em que os irmãos Saraiva usaram laranjas, gente que recebia pelo Bolsa Família. Depois surge o esquema da contabilidade envolvendo uma cunhada da vereadora como prestadora de serviços, também de forma irregular, pois nem contadora ele é. A ganancia desta gente não tem limites” declarou.

Novas Denúncias
Apresentando cópia de documentos, o vereador Eduardo Sá denunciou um irmão da vereadora Lívia por receber cerca de 45 mil reais por mês (sem licitação) em prestação de serviços à prefeitura e revelou o salário do pai e da irmã de Lívia no Instituto de Previdência de Chapadinha. “Tenho aqui em minhas mãos documentos que comprovam que o irmão da vereadora Lívia recebeu R$ 45 mil reais para prestar serviços para três secretarias sendo R$ 9.750,00, R$ 16.080,00 e R$ 20.100,00 nas secretarias de Assistência Social, Educação e Saúde. Em todos os casos sem licitação o que é totalmente irregular. No IPC, por exemplo, o pai da vereadora recebe 7 mil reais como diretor da previdência e a irmã dela recebe 3 mil como tesoureira. Isso mesmo senhores lá no IPC a lei do nepotismo é violentada pela família da vereadora” denunciou Sá. (Veja documentos abaixo)

Atestado Falso
Eduardo Sá também pediu investigação sobre suposto uso de atestado falso pela vereadora Lívia. E escandaloso é o comportamento da vereadora Lívia neste parlamento. Morando em São Luís ela usou de atestado falso para justificar faltas. O médico que deu atestado a ela, no dia em que ele deu o atestado na UDI de São Luís estava dando plantão em Tutóia. Enquanto dispensei meus salários no tempo em que tive ausente, a vereadora recebeu integralmente mesmo faltando às sessões” disse.

Desafio a Lívia
Sá adiantou que pretende dispensar salário da câmara durante o período em que estiver ocupando função no governo do estado e desafiou Lívia a fazer o mesmo. “Agora que fazer um desafio à vereadora Lívia – cujo esposo chegou a dizer em rede social que vereador deveria não receber salários – ela deveria também dispensar o dinheiro e demonstrar que está aqui unicamente para representar o povo e não os interesses escusos de sua família”, completou, reafirmando que lutará para manter o mandato. “Vou continuar atrapalhando os negócios escusos da família da vereadora Lívia e os esquemas corruptos da prefeita Belezinha”, finalizou.

Lívia Sem Palavras

Depois do pronunciamento de Eduardo Sá o presidente Nonato Baleco / PDT concedeu a palavra a Lívia Saraiva para se defender, mas a vereadora preferiu não falar, prometendo responder na próxima sessão, na segunda-feira. 

Folha do IPC com Pai e Irmã da Vereadora Lívia

Irmão da Vereadora Ganhando Sem Licitação

Contabilidade da Educação 16 mil por Mês sem Licitação

Irmão da Vereadora Faturando 45 mil reais por Mês