comercial

comercial

sábado, 17 de outubro de 2020

Viva a liberdade de imprensa! Belezinha é derrotada e Justiça Libera Vídeo que ela tentou censurar

Por: Edurado Braga (Blog do Braga)

A juíza titular da 42ª zona eleitoral, Dra. Welinne de Souza Coelho, proferiu sentença julgando improcedente a representação feita pela ex-prefeita Ducilene Belezinha contra este blogueiro pela publicação de vídeo nas redes sociais relacionando-a com seu padrinho político, o deputado Josimar de Maranhãozinho.

O vídeo chegou a ser retirado do ar em respeito a decisão liminar da juíza que alegava que a nossa audiência nas redes sociais poderia influenciar indevidamente os rumos da eleição, mas após a análise do material publicado foi constatado que a postagem “está protegida pela liberdade de expressão e não configura a propaganda ilícita alegada.”

A ex-prefeita não quer que assistam o vídeo porque, segundo ela, ele tiraria suas chances de disputar a eleição em igualdade de condições com os outros candidatos. Assista e tire as suas próprias conclusões:


Belezinha recorreu ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA), mas a divulgação do vídeo já está liberada com a revogação da liminar.

HISTÓRICO DE DERROTAS TAMBÉM NA JUSTIÇA

Quando eu e a ex-prefeita fomos eleitos, em 2012, sua coligação pediu a cassação do meu mandato de vereador na Justiça porque eu teria feito campanha em escolas estaduais. Não fiz e isso não causaria cassação. Concluí os quatro anos na Câmara.

Irritado com minha atuação na oposição, um notório aliado seu me acusou de corrupção no Ministério Público. Eu fui absolvido e ele foi condenado a me indenizar por danos morais.

Agora ela volta a ser derrotada na Justiça porque, por mais que minha atuação a incomode, agi de acordo com a lei neste e nos episódios anteriores. E se zangar é pior!