comercial

comercial

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Leda Burett Questiona Motivos de Ataques e Insultos


Do dia 7 de setembro pra cá eu virei a pessoa mais comentada na internet e em rodas de conversa de Chapadinha . E o que eu fiz para merecer considerações maldosas e até mesmo xingamentos públicos ?

Dancei a música “vou varrendo” e pessoas ligadas à oposição passaram a taxar de palhaçada o que era apenas bom humor e descontração .
Logo em seguida, usaram a visibilidade que a questão tomou para me insultar ainda mais e para mentir sobre atraso de salários que não existem. A prefeitura de Chapadinha está rigorosamente em dia com os funcionários da Limpeza Pública .

Não sou filha de pessoas ricas nem tradicionais da cidade . Talvez tudo que estou passando tenha muito de preconceito, pois nada fiz para merecer ser tratada dessa forma . Não cometi nenhum crime. O gesto que em mim condenam nada tem de imoral ou obsceno! Sou mulher que trabalha para viver e para crescer na vida, por isso posso exigir respeito .

Os que armaram esse alvoroço com meu nome são aqueles que no passado aplaudiam uma ex-prefeita que comprou, alugou e lucrou com um carro compactador de lixo. Isso sim, um crime, um vexame e um verdadeiro escândalo do lixo de Chapadinha .