terça-feira, 1 de maio de 2018

Governo inicia nova rota de divulgação do Plano de Trabalho 2018 da Fapema

Dando continuidade à ação ‘Maranhão de Multiplicidades: Científico, Consciente & Cultural’ para divulgação do Plano de Trabalho da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) em 2018, o diretor-presidente da Fapema, Alex Oliveira, visita esta semana os municípios de Timon, Codó e Caxias. 

Nas três cidades serão apresentados a pesquisadores, professores, estudantes e à comunidade em geral os investimentos do Governo do Maranhão na área da ciência, tecnologia e inovação e os editais que estão abertos no site da Fapema, bem como as novas chamadas públicas que serão lançadas pela Fundação ao longo deste ano. O objetivo da iniciativa é fomentar a participação dos pesquisadores do interior do estado nos editais da Fapema.

“Estamos dando início a mais uma rota de divulgação do Plano de Trabalho da Fapema onde iremos discutir o ‘Maranhão de Multiplicidades: Científico, Consciente & Cultural’ em mais três municípios. Pretendemos com isso continuar ampliando o processo de interiorização da ciência. Nós entendemos que todos devem participar do processo de produção do conhecimento”, disse o presidente, destacando que os polos de ensino superior do interior do estado têm demostrado grande capacidade de resposta, sobretudo, de execução de uma política de ciência e tecnologia voltada para os interesses do Maranhão.

O trabalho de divulgação, segundo o diretor-presidente, tem demostrado resultados bastante significativos para o Maranhão. “Como resultado desse trabalho tivemos a ampliação, não só do número de submissão de trabalhos, mas hoje podemos assegurar que a captação dos polos do interior do Estado passou de pouco mais de 18% para cerca de 30% no governo Flávio Dino. Esse avanço é uma marca da gestão”, observou Alex Oliveira.

“Os avanços têm possibilitado aos pesquisadores, estudantes e professores de todo o estado, participarem do grande movimento que é a produção da ciência, tecnologia e inovação voltadas para o desenvolvimento do estado e para os interesses daqueles que produzem no Maranhão”, acrescentou.

Com o tema ‘Maranhão de Multiplicidades: Científico, Consciente e Cultural’, a Fapema consolida linhas de ação e confirma as iniciativas dos Institutos Estaduais de Ciência e Tecnologia com a criação de três novos institutos: saúde, agricultura familiar e babaçu, bem como a formação de recursos humanos.

Agenda de trabalho

A agenda de trabalho do presidente Alex Oliveira começa por Timon, onde ele conduzirá a reunião, na quarta-feira (2), às 15h, no Centro de Estudos Superiores da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). Ainda na quarta-feira, a equipe da Fapema se reúne com pesquisadores de Codó, onde o Plano de Trabalho será apresentado às 20h, também no Centro de Estudos Superiores da Uema.


Na quinta-feira (3), a divulgação do plano acontece às 10h no Centro de Estudos Superiores de Caxias e, às 15h, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA). No mesmo dia será realizada a apresentação do plano em Codó, às 19h, na Universidade Federal do Maranhão (UFMA).