MAIS OBRAS - PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Evangélica morre após descarga elétrica durante pregação em Junco do Maranhão

Adriana Salles (28 anos) era professora, casada, mãe de um filho e adorava pregar a Palavra de Deus. Conhecida pelo sorriso fácil, a mulher jamais poderia esperar que fosse ter sua vida ceifada de uma forma tão inesperada. Adriana se encontrava num culto e se preparava para fazer aquilo que tanto gostava que era pregar sobre ensinamentos bíblicos, quando acabou sendo vítima de uma descarga elétrica proveniente do microfone que segurava no momento da ocorrência. As pessoas ainda assustadas com a situação, demoraram para entender o que estava acontecendo e quando socorreram a mulher já era tarde demais. Adriana acabou não resistindo a descarga eletrica e vindo a óbito ainda no local. 

Fonte Cidade de Verdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário